Após Prefeitura de SP retirar, bandeira LGBTQIA+ é recolocada no Theatro Municipal

Medida gerou revolta e funcionários fizeram abaixo-assinado contra. Nesta quarta (28), dia em que é comemorado o Dia do Orgulho LGBTQIA+, símbolo voltou a fazer parte da fachada.

A bandeira LGBTQIA+ voltou a fazer parte da fachada do Theatro Municipal, no Centro de São Paulo. Ela foi recolocada na manhã desta quarta-feira (28), data em que é celebrado o Dia do Orgulho LGBTQIA+.

A bandeira tinha sido retirada pela prefeitura no dia 14 de junho. Tanto funcionários quanto a organização social Sustenidos, responsável por gerir o Theatro, eram contrários à medida.

Tradicionalmente em junho ela é colocada na fachada como uma das comemorações pelo mês do Orgulho LGBTQIA+.

Funcionários do Theatro e artistas chegaram a fazer um abaixo-assinado em que pedem que a bandeira seja reposta e afirmam se tratar de um “ataque direcionado à nossa comunidade e a todas as pessoas que defendem políticas de diversidade, ataque este perpetrado pela atual direção da Fundação Theatro Municipal (FTM) de São Paulo”.

“Desde 2019, as bandeiras são expostas durante todo o mês de junho em comemoração ao mês do orgulho LGBTQIAPN+, tornando-se uma tradição do Municipal e em sintonia com centenas de outros equipamentos culturais, públicos e privados, na cidade de São Paulo e em todo o Brasil”, afirma o texto.

À época, a secretaria afirmou que “a remoção da bandeira LGBTQIAPN+ se deu pelo fato da rotatividade das atividades do espaço, sendo necessárias alterações constantes em sua fachada, propiciando assim o regular andamento das atividades”.

E completou: “A SMC destaca que a remoção da bandeira que estava alocada nas estruturas Theatro Municipal foi feita após diversas celebrações em torno dos direitos da comunidade LGBTQIAPN+. Por fim, ressaltamos que o Theatro Municipal de São Paulo é a casa da cultura, a qual possui a pluralidade; de danças, vozes, movimentos, atuações, personificações e diversidade”.

By Alessandra Gomes

Deixe um comentário

Confira!